14 de novembro de 2007

8 Meses!!

E eu ainda sinto como se fosse ontem, ainda sinto você ao meu lado, eu devo estar ficando louca mais, ainda posso ouvir a sua voz me chamando me irritando, rindo da minha cara, fazendo palhaçadas e soltando aquele sorrisinho meio cínico de quando você me fazia chorar com suas brincadeiras sem graça.
Parece loucura, mais ainda não me caiu a ficha, e ainda sinto aquela sensação de poder te ver em algum feriado qualquer, em alguma festa de família, aonde você sempre levava seu videogame e ficava tirando vantagem por ser o melhor no Tony Hawks. Lembro que quando minha mãe falava que iríamos na sua casa eu corria pra minha avó, treinar no videogame dos meus priminhos só pra tentar te vencer num jogo qualquer, mais não dava, como você mesmo sempre falou “você é o máximo”.
Eu ainda sinto tanto a sua falta, muitos a princípio não me entendem, mais o que eu sinto por você não é apenas um carinho de prima pra primo e sim de irmãos. Sim irmãos, afinal nascemos juntos, crescemos juntos, estávamos sempre juntos bagunçando, aprontando, levando broncas, e eu sempre amei tudo isso. Era tão bom quando todo final de semana eu ia na sua casa, e ficávamos nós 3 brincando até cansar, eu, você e o meu outro amigo-primo-irmão Danilo. Eu me sinto tão mal, quando vejo que após alguns anos essa convivência foi se perdendo no tempo, ou na distância, o que não poderia ter acontecido.
Meu Deus quando eu paro pra pensar nisso tudo eu sinto que vou enlouquecer, eu sei que tem coisas que nós nunca iremos saber, e que não devemos questionar as coisas de Deus, mais eu não consigo entender porque Ele tirou você de nós? Tão novo, tanta coisa pra viver e pra fazer acontecer, tantas pessoas ruins que vivem durante anos fazendo coisas imperdoáveis, e você uma pessoa tão boa...
Espero um dia poder te encontrar, espero poder ter ver numa situação melhor do que da última de vez em que eu te vi com vida. Porque até hoje me dói de mais a sua perda, me dói de mais ter em minha memória você deitado naquela cama de hospital sem poder ouvir a sua voz me dizendo ao menos um tchau.
No dia 16 de novembro fazem exatamente 8 meses que você se foi, feliz daquele que pode ver acontecer os seus 18 anos de vida, feliz daquele que pode conviver com a pessoa maravilhosa que você sempre foi meu querido amigo-primo-irmão Bruno.

Desculpa encher vocês com essas minhas tristezas as vezes, eu chorei ao fazer esse post, porque esse menino sempre foi e sempre será essencial na minha vida, eu ouvi muitas vezes pessoas falando "mais ele é só o seu primo Amanda", ninguém entende, eu nasci com ele, cresci com ele, ele é como um irmão pra mim, e desde que ele se foi sinto como se tivesse ido uma parte de mim, da minha vida, da minha história.
"Não sei porque você se foi, tantas saudades eu senti...
...e aquele adeus que eu não pude dar..."




É tão estranho, os bons morrem jovens
Assim parece ser quando me lembro de você
Que acabou indo embora, cedo demais

Quando eu lhe dizia: - me apaixono todo dia
E é sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse: - eu gosto de você também
Só que você foi embora cedo demais
Eu continuo aqui, meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você em dias assimdia de chuva, dia de sol
E o que sinto eu não sei dizer- Vai com os anjos, vai em paz
Era assim todo dia de tarde, a descoberta da amizade
Até a próxima vez, é tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você e de tanta gente
Que se foi cedo demais
E cedo demais eu aprendi a ter tudo que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu, que tive um começo feliz
Do resto eu não sei dizer
Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre, mas eu sei
Que você está bem agora
Só que este ano o verão acabou
Cedo demais.



~*Sem mais
Kiss
=*

Marcadores: , ,

Postado Por: Man** às 09:49

------------------------------------------------------------------------------

4 Comentários:
At quinta-feira, novembro 15, 2007 12:32:00 AM, Blogger Diana Carvalho said...

Só vou comentar pq eu te entendo. Já vivi algo parecido. É foda, momentos assim não deveriam existir.

Um beijo.

 
At quinta-feira, novembro 15, 2007 8:27:00 AM, Anonymous Thais said...

own, bem, é dificil comentar sobre uma coisa dessas, nunca passei por algo do tipo. mas tenho certeza que seu primo tá la em cima orando por todos vocês, como um anjo da guarda^^
beijo xuxu

 
At quinta-feira, novembro 15, 2007 2:24:00 PM, Anonymous Juliana said...

Poxa... Não sei nem o que comentar... Perdi uma amiga de câncer dia de finados... Ela só tinha 25 anos...

É estranho mesmo, os bons morrem antes, por quê?!

 
At sexta-feira, novembro 16, 2007 9:48:00 AM, Blogger Kamylla said...

Passei estes momentos com vc !
e todos os outros que vierem tbm estarei aqui !
TE AMO AMANDA.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home